04/04/2020 às 13h33min - Atualizada em 04/04/2020 às 13h33min
Nilo Coelho ganha mais reforços em seu grupo político


O ex-governador e ex-prefeito Nilo Coelho (DEM) ganhou mais importantes reforços para as eleições. Pré-candidato a prefeito mais uma vez, ele vai contar com o apoio do vereador Fabrício Lopes e do seu tio, o médico Luiz Mariano.

 
 
 
 

A aliança foi firmada nesta sexta-feira (3), um dia antes do fim do prazo para filiação partidária. Os dois foram filiados ao Democratas (DEM), filiação que pegou muita gente de surpresa e foi confirmada à Agencia Sertão pela coordenação de pré-campanha de Nilo Coelho. O vereador também postou em suas redes sociais o seu novo caminho político.

Fabrício, até então, era do grupo político do atual prefeito Jairo Magalhães, do deputado federal Charles Fernandes e da deputada estadual Ivana Bastos. Ele deixa o PSD, partido pelo qual foi eleito em 2016, com 1.465 votos, sendo o nono candidato mais votado na ocasião.

Administrador de empresas e professor universitário, aos 40 anos, Fabrício vai tentar seu segundo mandato na Câmara de Vereadores. Ele também foi secretário municipal de Indústria e Comércio na gestão de Charles Fernandes à frente da prefeitura.

 

O reforço no grupo político chega ao DEM após o anúncio da filiação de outros três vereadores ao partido. Carlos Jackson “Loló”, Fausto Azevedo o presidente da Câmara Zaqueu Rodrigues confirmaram a filiação na quarta-feira (1º).

Quatro secretários municipais deixaram seus cargos durante a semana para concorrer às eleições. Hélio Pereira “Lelé” deixou a pasta de Agricultura e Meio Ambiente para tentar a reeleição e André Moitinho deixou a Saúde para concorrer a uma cadeira na Câmara.

O vice-prefeito Hugo Costa (PSD) e seu irmão Paulo Costa (PCdoB) deixaram as secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Cultura Esporte e Lazer. Hugo pode repetir a chapa com Jairo Magalhães e Paulo deve tentar voltar à Câmara. No entanto, existe a possibilidade dos irmãos inverterem os papais nesta eleição.

Até o momento, apenas a vaga deixada por André Moitinho foi ocupado. Manoel Paulo reassumiu a pasta que comandou entre 2011 e 2016.

A definição de quem será o candidato a vice-prefeito na chapa de Nilo Coelho só deve ocorrer em junho segundo sua assessoria. Nomes como do vereador Nal, do empresário Felipe Coelho, do agropecuarista Luiz Carlos Fernandes e do vereador Zaqueu estão entre os mais cotados.

por 

 Tiago Marques - Agência Sertão

NOTÍCIAS RELACIONADA
Coronavírus: Em 24h, Guanambi aumenta o número de casos e chega a...
Guanambi tem 18 pacientes curados da...
Prefeitura de Guanambi prorroga vencimento do IPTU para 30 de...
Guanambi registra mais dois casos positivos de coronavírus: um no Santo Antônio e outro em...
GALERIAS
CLASSIFICADOS