31/08/2020 às 05h38min - Atualizada em 31/08/2020 às 05h38min
Brasileirão: Flamengo bate Santos com gol de Gabigol após time da Vila ter dois gols anulados pelo VAR


Que jogo! Pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos teve dois gols anulados pelo VAR, o Flamengo fez com Gabigol e garantiu a vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro, seu primeiro triunfo no estádio desde o histórico 5 a 4 protagonizado por Ronaldinho e Neymar em 2011.

A partida foi uma das melhores do Brasileirão, se não a melhor. O time de Cuca ocupou o campo ofensivo do começo ao fim do jogo, enquanto os comandados de Dome ficaram mais postados na defesa e aproveitaram muito bem os contra-ataques.

Com 15 minutos de jogo, o a equipe paulista já tinha feito dois gols, ambos anulados pelo VAR por impedimento.

Em um ritmo frenético, os dois times criaram grandes chances, parando em milagres dos dois lados, operados por João Paulo e Diego Alves.

Pouco antes do intervalo, os cariocas foram fatais no contra-ataque com Gabigol, que marcou em seu 24º aniversário e homenageou Chadwick Boseman, que interpretou o Pantera Negra, na comemoração. O ator morreu na última sexta-feira, vitima de um câncer.

Na etapa complementar, o Fla seguiu investindo nas jogadas rápidas em contragolpe e por pouco não fez o segundo. Gabriel perdeu chances que raramente deixa de guardar, uma em um passe perfeito do estreante Isla. O segundo tempo também ficou marcado por lesões. Diego Alves saiu com dores no ombro, e o artilheiro rubro-negro deixou o gramado após torcer o pé sozinho.

Ficha técnica

Santos 0 x 1 Flamengo 

GOLS: Gabriel

 SANTOS: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Ivonei); Jobson (Jean Mota), Pituca e Carlos Sánchez (Lucas Braga); Soteldo, Marinho e Raniel (Kaio Jorge)

Técnico: Cuca

 FLAMENGO: Diego Alves (César), Renê (Isla), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Thiago Maia, Gerson (Arão) e Arrascaeta; Michael, Gabriel (Diego), Bruno Henrique (Éverton Ribeiro) 

Técnico: Domènec Torrent

Estatísticas

Após um período de 'seca', Gabigol marca pelo 3º jogo seguido - hoje, inclusive, no seu aniversário de 24 anos

Raniel não jogava há mais de um mês; o atacante estava fora por um trauma no joelho direito

O jogo ficou parado por 9 minutos no 1º tempo apenas em revisões do VAR

O Flamengo não vencia na Vila Belmiro desde 27 de julho de 2011, e essa foi seu terceiro triunfo nesse estádio na história do Brasileirão

Toma lá, dá cá

Logo com um minuto, Marinho entrou na área pela direita e bateu de canhota, obrigando bela defesa de Diego Alves. Pouco depois, Soteldo tentou, mas chutou por cima.

Aos 6, veio a primeira chance do Flamengo. Arrascaeta achou Gabigol, que entrou na área pela esquerda e bateu. João Paulo salvou, mas o rebote ficou com Michael, que errou o gol ao completar de primeira.

1 a 0, 0 a 0, 1 a 0, 0 a 0

Ainda antes dos 10 minutos, a rede balançou. Marinho deixou de letra para Pará, que cruzou na medida e deixou Raniel livre para só empurrar para o gol. Um golaço. Após mais de 5 minutos de revisão no VAR, Wilton Pereira Sampaio anulou o gol por impedimento no último passe.

O jogo voltou e a equipe de Cuca logo mudou o placar de novo para 1 a 0. Marinho cobrou uma falta da intermediária e a bola morreu no fundo do gol. No caminho, Jobson tentou desviar, mas furou. Após nova longa checagem no VAR, o árbitro viu que o volante estava impedido e participou do lance. 0 a 0.

Diego Alves faz milagres

Na reta final da primeira etapa, foi Diego Alves o herói. Felipe Jonatan recebeu lindo lançamento nas costas da zaga e bateu de primeira, sem pulo, obrigando linda defesa do goleiro.

No rebote, Sánchez cruzou Raniel desviou no canto oposto, e Diego Alves correu atrás da bola para dar um tapinha salvador.

Flamengo fatal

O Santos sentiu os dois gols anulados por centímetros e os milagres de Diego Alves, e o rubro-negro aproveitou. Em um esquema reativo, aproveitou os espaços e usou muito bem a velocidade de seus jogadores.

Aos 40, o Fla achou um lindo contra-ataque. Bruno Henrique voou pela esquerda e cruzou na medida para Michael, que bateu de primeira e parou em João Paulo.

A rede balançou para valer aos 50, sem VAR, sem revisão. Quem disparou no contra-ataque com a bola dessa vez foi Michael, que passou para Gabigol na direita. O aniversariante bateu no alto e partiu partiu para o abraço, fazendo sua famosa comemoração e depois imitando o gesto de 'Wakanda Forever', do super-herói Pantera Negra.

Depois, o atacante levantou o treinador Domènec Torrent e depois gritou ao passar por Marinho, o que irritou os santistas. Cuca reclamou muito e levou cartão amarelo, assim como o 9 do Flamengo.

No detalhe do artilheiro

Antes de homenagear Chadwick Boseman na comemoração do 1º gol do jogo, Gabigol já havia relembrado o ator.

No vestiário da Vila, o artilheiro postou uma foto de suas chuteiras. Em um pé, 'Wakanda Forever', frase histórica do Pantera Negra. No outro, 'Vidas negras importam'.

Flamengo perigoso

Dome manteve a mesma ideia de jogo na segunda etapa, com seu time bem postado no campo defensivo e aproveitando os espaços para contragolpear rápido. 

Com 2 minutos, Gabigol bateu de primeira da entrada da área e exigiu ótima defesa de João Paulo. Mais tarde, o atacante perdeu dois gols que normalmente não perde.

Aos 22, Filipe Luís roubou a bola tocou para Éverton Ribeiro, que levou pela direita e passou para Gabriel, que tocou de canhota para fora. No minuto seguinte, o lance mais inacreditável. Isla, que acabara de entrar pela primeira vez no time, deu um cruzamento açucarado no segundo pau e deixou o artilheiro livre. Ele desviou sem deixar a bola cair, mas conseguiu errar o gol da pequena área.

Classificação

Flamengo: 9º lugar, com 8 pontos em 6 jogos

Santos: 10 lugar, com 7 pontos em 6 jogos

Próximos jogos

No meio de semana, ambas equipes voltam a jogar pelo Brasileirão:

  • Quarta-feira, 02/09, 20h30*, Bahia x Flamengo 
  • Quarta-feira, 02/09, 21h30*, Santos x Vasco

*Horários de Brasília

 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Corrida de São Silvestre deste ano é adiada e 2021 terá duas...
Flamengo supera Barcelona e desfalques pela covid-19 na...
Terceiro Desafio da Cipe Sudoeste será em plataformas...
Flamengo sofre maior derrota da sua história na Libertadores e atinge recorde negativo entre campeões...
GALERIAS
CLASSIFICADOS