30/07/2023 às 09h53min - Atualizada em 30/07/2023 às 09h53min
Número de postos de trabalho no setor industrial cresceu 8,8% em Guanambi no primeiro semestre


Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta semana, mostram que houve aumento dos postos de trabalho em Guanambi no primeiro semestre de 2023. De janeiro a junho, 330 empregos com carteira assinada foram gerados na cidade. Em termos percentuais, a industria apresentou o melhor resultado.

O aumento no número de vagas reverte a queda registrada em 2022, quando o município fechou o ano com recuo de 25 postos. Ao todo, 10.827 pessoas têm careira assinada em Guanambi. O aumento em relação ao fim do último ano foi de 3,5%.

Abril e fevereiro foram os meses com os melhores resultados, saldos de 159 e 115 respectivamente. Nos meses de maio e junho, a variação foi menor, de 41 e 34 vagas. Já no mês de março, houve o fechamento de 19 postos de trabalho na cidade.

Ao todo, até a metade do ano, as empresas efetuaram 1.913 demissões, enquanto o número de admissões foi de 2.243.

O setor de serviços teve o melhor saldo, de 167 postos, seguido de perto pelo comércio, que contratou 151 novos trabalhadores. A indústria apresentou crescimento de 126 carteiras assinadas. O único setor que teve queda foi o da construção, com 119 trabalhadores a menos.

As áreas de construção de edifícios e de obras de infraestrutura tiveram mais trabalhadores demitidos do que admitidos. Os saldos foram de 63 e 82 empregos fechados respectivamente. Já a área de serviços especializados para construção, como obras de fundações, demolições, preparação de terrenos e instalações, empregou 26 trabalhadores a mais.

Mais vagas na indústria

Os dados do Caged mostram que houve um aumento considerável na oferta de vagas na indústria. Atualmente, o setor emprega 1.560 pessoas na cidade. Esse quantitativo é 8,8% maior do que o registrado no início deste ano.

O destaque foi para as industrias de transformação da área de produtos alimentícios, que aumentou em 20% as vagas, chegando a 373 trabalhadores formais. As áreas de fabricação de produtos de metal e fabricação de móveis também contrataram mais do que demitiram.

Comércio e Serviços

O comércio varejista também contratou mais, assim como o comércio por atacado. O aumento de trabalhadores no varejo foi de 2,69% (76 novos postos). Já o número de trabalhadores no atacado cresceu 11,4% (71 novos postos).

As vagas no setor de serviços tiveram aumento de 4,2% (73 novas vagas) na área de saúde e educação. Na área de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, administrativa e profissionais em geral, o aumento foi de 4,49% (66 novas vagas).

Bahia e Brasil

Em toda a Bahia foram criadas 50.955 vagas no mercado de trabalho nestes primeiros seis meses. Ao todo, 1.952.504 pessoas trabalham com carteira assinada no estado. No país, o saldo positivo no ano até agora é de 1.023.540 vagas abertas. Ao todo. 43,4 milhões de pessoas estão com carteira assinada no Brasil.

Os dados completos podem ser conferidos no site do Caged.

 

 

Tiago Marques - Agência Sertão

Tiago Marques

 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Subsecretário de Educação e mais quatro secretários municipais se afastam das pastas para cumprir...
Prefeitura de Guanambi realiza forte investimento no Bairro Alto Caiçara, com obras nas áreas de...
Com obras retomadas recentemente, urbanização da Praça do Cetep está com obras...
Secretaria de Saúde de Guanambi registra dois óbitos por...
GALERIAS
CLASSIFICADOS