30/06/2022 às 19h17min - Atualizada em 30/06/2022 às 19h17min
Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância


O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) deflagrou hoje (30) a nona fase da Operação Luz na Infância, destinada ao combate à exploração sexual de crianças e adolescentes pela internet. Até o momento, pelo menos 26 suspeitos foram presos o Brasil. Durante a operação, também foram presas 40 pessoas no exterior. As buscas recolheram o total de 1 terabyte da material pornográfico de crianças e adolescentes.

Desde a manhã desta quarta-feira, estão sendo cumpridos 163 mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça em 13 estados brasileiros e no exterior. Fora do país, a operação ocorre com o auxílio das polícias dos Estados Unidos, da Argentina, do Paraguai, da Costa Rica, do Panamá e do Equador. 

As investigações partiram do Laboratório de Operações Cibernéticas do ministério e foram feitas em parceria com o Homeland Security Investigations (HSI), órgão de repressão a crimes internos dos Estados Unidos, além das polícias civis estaduais. 

A pena para quem armazena conteúdo sexual envolvendo crianças varia de 1 a 4 anos de prisão, e pode aumentar de 3 para 6 anos no caso de compartilhamento e de 4 a 8 anos no caso de produção de conteúdo. 

A primeira fase da Operação Luz na Infância foi deflagrada em outubro de 2017, quando 108 investigados foram presos. O maior número de presos foi alcançado na segunda fase, realizada em novembro de 2018, que resultou na prisão de 251 pessoas.

Matéria alterada para acrescentar o número de presos no exterior.

 

Por Agência Brasil 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Homem acusado de vários furtos e arrombamentos foi encontrado morto em...
Moto ficou imprensada entre dois carros após batida no Centro de...
Operação policial recupera carreta em ponto de desmanche em...
Polícia Militar aprende drogas na Avenida Santos...
GALERIAS
CLASSIFICADOS