21/10/2019 às 14h03min - Atualizada em 21/10/2019 às 14h03min
Homem é preso suspeito de escravizar sexualmente mais de 170 mulheres


A polícia de Minas Gerais prendeu um homem de 32 anos suspeito de enganar e escravizar sexualmente mais de 170 mulheres em pelo menos 11 estados e do Distrito Federal.

'Ligue 180' recebe denúncias sobre assédio e violência contra a mulher

O mineiro Roney Schelb foi preso em Juatuba, na Região Metropolitana de BH, no último dia 11 de outubro. De acordo com a polícia, ele criava perfis falsos em redes sociais dizendo ser um ‘sugar daddy’ e prometia pagar entre R$ 4 mil a R$ 10 mil por fotos íntimas.

Ainda segundo a polícia, Roney chantageava as mulheres, que eram violentadas e obrigadas a fazer sexo com animais.

Reportagem do programa “Fantástico” desde domingo, 20, revela ainda que Roney era líder em um grupo de jovens da Renovação Carismática de uma igreja católica na cidade de Muriaé, na zona da Mata Mineira.

A investigação começou depois que uma das mulheres decidiu procurar a Delegacia de Crimes Cibernéticos. Na casa de Roney, os policiais encontraram um arquivo no computador detalhado com todas as informações das vítimas, entre elas oito menores.

Roney vai responder por diversos crimes de estupro e violação sexual mediante fraude.

 

Catraca Livre

NOTÍCIAS RELACIONADA
Três homens acusados de assassinar homem em Iuiú são presos em...
Homem mata os três filhos e a esposa com golpes de...
Motociclista tem perna amputada após grave acidente na BR-122 entre Pilões e...
Vigilância Sanitária e Polícia Militar flagram festa com 100 pessoas na zona rural de...
GALERIAS
CLASSIFICADOS