21/06/2022 às 06h32min - Atualizada em 21/06/2022 às 06h32min
Guanambi: estudante de odontologia denuncia violência policial durante o São João do Gurutuba


A estudante de odontologia Ana Clara usou suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (20) para denunciar que foi vítima de agressão policial quando passava pela Avenida, ao lado da Praça do Feijão, onde acontecia o São João do Gurutuba. Mostrando fotos da violência sofrida ela diz "estou extremamente envergonhada, meu rosto deformado, estou em pânico. Estava passando pela avenida quando um policial mim agrediu. O motivo? não sei!!! De acordo com sua publicação todas as medidas já estão sendo tomadas "policial nenhum tem o direito de sair distribuindo socos em ninguem". disse a estudante.

Ana Clara afirmou ter tudo gravado e que quando foi procurar saber o motivo da agressão o policial queria lhe bater mais "sorte que peguei o meu celular e gravei tudo.  E quando viu que eu estava gravando queria puxar o celular da minha mão. Esse policial estava sem farda" conclui.

O comandante do 17º Batalhão Tenente Coronel Arthur Mascreenas disse que tomou conhecimento desse fato  e que também recebeu um áudio de uma senhora que viu o fato e segundo ela estava havendo uma briga e o policial ao tentar separar a briga essa mulher deu uma garrafada no cabeça do policial provocando um corte na cabeça dele e ele reagiu com um murro contra ela. "Isso será objeto de apuração e essa senhora do áudio será convocada pra testemunhar o que ela fala no áudio, bem como as testemunhas da mulher que foi agredida. As duas gravações serão confrontadas"

 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Brumado: Policial Militar morre em acidente envolvendo carro e motocicleta na...
Mulher que lidera o PCC no Ceará é presa no bairro da...
Funcionário recebe R$ 1,6 milhão por engano e foge com dinheiro da...
Cantora mexicana é assassinada pelo marido em...
GALERIAS
CLASSIFICADOS