19/11/2023 às 10h42min - Atualizada em 19/11/2023 às 10h42min
Defensores públicos da Bahia aprovam estado de greve e marcam paralisação de três dias


Defensores públicos da Bahia cobram reajuste salarial e aprovaram estado de greve da categoria, além de paralisação das atividades entre os dias 28 e 30 de novembro. A decisão foi tomada durante reunião da Adep-BA realizada na última sexta-feira (17), no Wall Street Empresarial, em Salvador. 

 

 

Nos dias de paralisação haverá mobilização nas sedes da Defensoria Pública da Bahia (DP-BA), da governadoria e também na Assembleia Legislativa (AL-BA).

 

Uma nova assembleia geral deverá ser convocada para o dia 30 de novembro para discutir futuras mobilizações. 

 

Conforme a Associação de Defensoras e Defensores do Estado da Bahia (Adep-BA), a remuneração está congelada há 11 anos e no estado não há cumprimento do modelo remuneratório previsto na Constituição Federal, que é o subsídio com subteto. 

 

Dados do portal da DP-BA apontam que o subsídio mensal (salário) dos defensores é dividido em quatro classes: R$ 29.128,46 (instância superior), R$ 27.089,46 (final), R$ 25.193,20 (intermediário) e R$ 23.429,68 (inicial).

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Repercussão da 2ª Jornada do Creci...
Achei Sudoeste no Ar é transmitido de segunda a sexta-feira pela Cultura FM em...
Em defesa do Rio São Francisco, Carinhanha é escolhida para sediar eventos da CBHSF na...
Sobe para 56 número de mortes por dengue na Bahia; epidemia abrange 256...
GALERIAS
CLASSIFICADOS